Está na dúvida se traça é tudo a mesma coisa ou se existem diferenças entre cada espécie? 🤔 Não se preocupe, neste artigo vamos explorar tudo o que você precisa saber sobre os tipos de traça!

Se você já se deparou com roupas roídas, alimentos contaminados ou livros danificados, é provável que tenha enfrentado uma invasão de traças na sua casa. Essas pequenas criaturas podem parecer inofensivas, mas podem causar grandes prejuízos em nossos lares.

No Rio de Janeiro, existem 3 tipos de traça que devemos nos preocupar: traça de alimentos, traça dos livros e traça de roupa.

Hoje vamos explorar esses tipos de traça mais comuns. Prepare-se para desvendar o mundo das traças! 😄

Conheça os tipos de traça mais comuns

Existem diversas espécies de traças, cada uma com suas preferências alimentares, aparência e habitats específicos. Mas neste artigo, vamos focar nas 4 que aparecem com mais frequência nas casas: traça da farinha (Plodia interpunctella), traça dos cereais (Sitotroga cerealella), traça dos livros (Lepisma saccharina) e a traça de roupa (Tineola bisselliella).

Agora vamos aprender sobre cada uma delas!? 🤓

Traça de alimentos

Tipos de traça

Ambas espécies de traça de alimentos (traça da farinha e traça dos cereais) são frequentemente confundidas, pois ao se estabelecerem nas despensas, elas causam danos significativos em comidas. 🙄

Embora a traça da farinha (Plodia interpunctella) e a traça dos cereais (Sitotroga cerealella) pertençam à mesma família de traças, existem algumas diferenças entre as duas espécies.

🍞 A traça da farinha é conhecida por atacar produtos ricos em amido, como farinha, pães e massas.

🍚 Já a traça dos cereais tem uma preferência mais específica por grãos e cereais, como arroz, trigo e milho.

Além disso, a traça da farinha é conhecida por depositar seus ovos em rachaduras, fendas ou nas proximidades de alimentos, enquanto a traça dos cereais tende a colocar seus ovos diretamente nos grãos e cereais em que se alimenta.

Essas características de postura de ovos podem afetar a localização dos focos de infestação e as medidas preventivas necessárias para controlar cada espécie.

Traça da farinha

Tipos de traça

Características

A traça da farinha é um tipo de traça voadora. Ela possui asas que apresentam uma combinação de cores entre tons de marrom e bronze. Adultas, podem atingir um tamanho de aproximadamente 1 cm de envergadura.

Hábitos

A traça da farinha é uma espécie de traça noturna. Durante o dia, elas tendem a se esconder em locais escuros e protegidos, como fendas nas paredes, frestas em armários ou atrás de eletrodomésticos.

Quando perturbada ou em busca de um local de alimentação, a traça da farinha é capaz de voar rapidamente e com movimentos erráticos.

Ela também é sensível a temperaturas extremas. Temperaturas muito baixas ou muito altas podem ser prejudiciais para as larvas e os ovos.

💡 Ou seja, congelar ou aquecer alimentos infestados é uma técnica comum de controle, pois essas variações de temperatura podem eliminar as traças em diferentes estágios de desenvolvimento.

Alimentação

Como o nome sugere, a traça da farinha é atraída por alimentos da sua despensa à base de farinha, como massas, biscoitos e pães.

Essa traça é conhecida por ser um especialista em encontrar até mesmo as mínimas aberturas em pacotes e recipientes para se infiltrar e se alimentar dos conteúdos.

Ciclo de vida

Uma das características marcantes da traça da farinha é sua habilidade de se reproduzir rapidamente e estabelecer uma infestação em pouco tempo.

As fêmeas são capazes de colocar centenas de ovos em uma única postura, e o ciclo de vida das larvas é relativamente curto, variando de 2 a 6 semanas, dependendo das condições ambientais. 🤯

Essa capacidade reprodutiva acelerada torna ainda mais importante tomar medidas preventivas assim que a presença da traça da farinha é detectada.

Traça dos cereais

Tudo sobre a espécie traças dos cereais

Características

A traça dos cereais também é uma traça voadora. Ela possui asas anteriores de coloração palha e asas posteriores de cor clara na fase adulta. Medem cerca de 8 mm de comprimento.

Hábitos

Gostam de lugares quentes e úmidos. Costumam infestar armazéns e cozinhas com pouca ventilação. Ela são responsáveis por prejuízos financeiros em armazéns por todo o mundo.

As traças dos cereais nas residências são encontradas dentro de cozinhas e cômodos com estocagem de alimentos.

Podem ser identificadas pelas “teias” que deixam nos alimentos e caixas por onde passam. 👀

Alimentação

Todo o dano causado aos alimentos é feito pelas larvas das traças dos cereais.

Seus ovos e larvas ficam todo o tempo dentro dos próprios alimentos dos quais se alimentam. Costumam infestar grãos como milho, trigo e arroz, além de outros produtos armazenados. 🥜

Ciclo de vida

As fêmeas começam a se reproduzir assim que emergem dos casulos. A fêmea é capaz de colocar até 400 ovos. Seus ovos são depositados geralmente dentro de buracos em grãos ou em frestas e rachaduras. 😱

Os ovos eclodem em cerca de uma semana. A lagarta sairá de dentro do grão e voltará novamente para dentro do grão, do qual irá se alimentar.

A larva chegará até cerca de 5mm, e chega a fase de pupa. Após a fase de pupa (dura em torno de 1 semana), realizam metamorfose e viram uma “mariposa”.

As fêmeas adultas não vão mais se alimentar dos grãos. Sua única função é de reproduzir e fazer a postura dos ovos.

Traça dos livros

Tudo sobre a espécie traças dos livros

Características

A traça dos livros (Lepisma saccharina), também conhecida como traça de papel, é pequena e de cor prateada, tendo um formato alongado e antenas longas.

Elas medem cerca de 1cm, não possuem asas em nenhuma fase de sua vida e são ametábolicos, logo, não sofrem metamorfose como as outras espécies.

Hábitos

Elas gostam de viver em locais com alto teor de umidade (entre 75% e 95%).

Por isso são vistas geralmente em quartos antigos ou com pouca circulação de ar, banheiros, porões e sótãos.

São muito ágeis e astutas. São bem ativas à noite e se escondem durante o dia. Costumam utilizar fendas nas paredes e o interior de guarda roupas como esconderijos.

Alimentação

📚 Diferentemente da traça de alimentos, a traça dos livros se alimenta de amidos encontrados em papéis.

Dentro das residências, a traça dos livros ataca principalmente cadernos, documentos, livros, fotos, papéis e outros alimentos ricos em amido.

Se necessário, se alimenta de algodão, lã, seda, panos e até couro. Essas traças são bem resistentes, podendo sobreviver meses sem alimento. 💪

Ciclo de vida

Antes de reproduzir, as traças dos livros fazem um ritual de 3 fases, que dura cerca de 45 minutos. Depois de completar o ritual, a fêmea fertiliza os ovos e coloca cerca de 60 ovos por vez em pequenas frestas e rachaduras. 😳

Os ovos demoram entre 14 a 60 dias para eclodir. Uma única fêmea é capaz de pôr cerca de 100 ovos. Quando a ninfa sai do ovo, são esbranquiçados e já se assemelham com os adultos.

Depois de fazerem sua muda, desenvolvem uma cor acinzentada, quase que prateada, e se transformam em adultos entre 3 meses e 2 anos, dependendo das condições do ambiente.

Traça de roupa

traça de roupa

Características

A traça de roupa (Tineola bisselliella), também conhecida como traça das roupas, é um inimigo implacável do nosso guarda-roupa.

Essa traça voadora realiza metamorfose completa. Na fase larval, tecem um casulo protetor característico para proteção. 🐛